5.7.06

nas horas de vácuo

beba-mos do mesmo copo melhor: do teu copo quando lá fóra não houver mais do que poeira e tempestade, fixa o quadro de forma a te abstraíres e poderes pintar, com as tuas armas, o teu.
A minha foto
........................gra(')f.ico.ismo.onola.......... demasiado colado à palavra para ser uma outra coisa que não isto. utopia de mim, abismos da imagem arrancada e digerida.

O ROSTO À LUPA DE MIM

blog inTemporal

O dia de hoje podia muito bem ter sido um outro. Amanhã vemos isso.
Loading...